STJD

22/02/2017 às 19:16 | STJD

Zagueiro do Figueirense é suspenso preventivamente

Créditos: Daniela Lameira

O Presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol, Ronaldo Botelho Piacente, suspendeu preventivamente na noite desta quarta, dia 22 de fevereiro, o atleta Marquinhos, do Figueirense, por doping positivo. O zagueiro teve o Resultado Analítico Adverso no exame de urina realizado após a partida entre Chapecoense e Figueirense, realizada no dia 6 de novembro, pela Série A do Campeonato Brasileiro 2016. Atleta e clube foram comunicados da decisão.

A Comissão de Doping da Confederação Brasileira de Futebol oficiou o STJD nesta quarta com o resultado do exame do atleta para devidas providências. De acordo com o documento emitido pelo Presidente da Comissão, Dr Fernando Solera, na amostra de urina do atleta foi encontrada as substâncias anabólicas “19-norandrosterone, androsterone e pregnanediol”, todas proibidas pelo Regulamento de Controle de Doping da CBF e pela WADA, Agência Mundial Antidopagem e confirmadas na Amostra B realizada.

Com o Resultado Analítico Adverso (RAA), ou seja, quando a utilização de substância ou método proibido no esporte é detectada nos exames de laboratório, o atleta foi suspenso pelo prazo de 30 dias, conforme previsto nos termos do artigo 102 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. Além da decisão, o Presidente Ronaldo Piacente abriu vista para que atleta e clube apresentem defesa prévia por escrito e provas no prazo de até cinco dias. Esgotado este prazo, os autos serão encaminhados para manifestação da Procuradoria.

Nossos patrocinadores