STJD

30/03/2017 às 19:39 | STJD

Presidente indefere paralisação do Paranaense

Créditos: Daniela Lameira

O Presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol indeferiu na noite desta quinta, dia 30 de março, a Medida Inominada impetrada pelos clubes Toledo, Rio Branco e Foz do Iguaçu com pedido liminar para paralisação do Campeonato Paranaense 2017 até conclusão do julgamento do clube JMalucelli por suposta escalação irregular do atleta Getterson. No despacho, Ronaldo Piacente destacou que a paralisação é medida extrema que deve ser revestida de direito líquido e certo, não encontrados na presente Medida e que a paralisação pode gerar um prejuízo irreparável para a competição. 

Confira abaixo parte do despacho do Presidente do STJD: 

“Decido.

Entre os princípios que regem o Código Desportivo, estão os princípios da Celeridade e prevalência da competição.

A paralisação do Campeonato é medida extrema que deve ser revestida de direito líquido e certo, o que ao meu ver, não se encontram presentes na presente medida.

Utilizando a mesma tese dos requerentes, caso a competição seja paralisada, e ao final o STJD entenda pela manutenção da decisão do TJD do Paraná o prejuízo será irreparável. 

Diante do exposto INDEFIRO LIMINAR.”

Nossos patrocinadores