STJD

30/03/2017 às 17:18 | STJD

Pleno mantém multa aplicada ao Fortaleza

Créditos: Daniela Lameira / Site STJD

O Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol negou provimento ao recurso do Fortaleza e manteve a multa de R$ 2,5 mil aplicada ao clube por atraso em partida válida pela Copa do Nordeste. Em julgamento realizado na tarde desta quinta, dia 30 de março, os Auditores negaram o pedido e a decisão foi proferida por unanimidade dos votos.

Multado em R$ 2,5 mil por atrasar em cinco minutos o início da partida contra o Altos do Piauí, pela Copa do Nordeste, o Fortaleza recorreu da decisão de primeira instância e o processo foi concluído no Pleno do STJD do Futebol.

No recurso o jurídico do Fortaleza pediu a absolvição do clube e destacou que o atraso se deu unicamente pela equipe de arbitragem que, mesmo ciente da utilização de uniforme nas cores vermelhas pela equipe na partida, ingressou em campo com uniforme do mesmo tom, o que ocasionou o retorno aos vestiários e, por conseguinte, o atraso na partida.

“O Fortaleza fez uma camisa promocional homenageando o solo e a cultura nordestina. Uma ação de marketing apresentada para ser utilizada na Copa do Nordeste. Foi encaminhado email informando para a CBF que o clube usaria , nesta partida, essa camisa vermelha e não a tradicional azul. Pois bem, o clube estava pronto e certo que a Diretoria de Competições informaria a equipe de arbitragem. Infelizmente quando a equipe entrou em campo viu que os árbitros estavam com a mesma cor e tiveram que buscar um kit reserva no hotel o que gerou o atraso”, disse o advogado Luis Eduardo Temóteo.

Apesar das explicações o relator do processo, Auditor José Perdiz, destacou que não consta retorno com a autorização para que o clube usasse outro uniforme. Desta forma, Perdiz votou para negar provimento ao recurso mantendo a condenação de R$ 2,5 mil, sendo R$ 500 por minuto, ao Fortaleza.

O voto do relator foi acompanhado pelos demais Auditores presentes.

Nossos patrocinadores