STJD

03/04/2017 às 16:31 | STJD

JMalucelli: recurso do Paranaense em pauta

Créditos: Daniela Lameira

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol agendou para a próxima quinta, dia 6 de outubro, o julgamento do recurso envolvendo a equipe do JMalucelli por suposta escalação irregular do atleta Getterson no Campeonato Paranaense 2017. Punido no TJD/PR com perda de 16 pontos, o clube reverteu a pena no Pleno estadual e o caso chega para desfecho em última instância nacional. A sessão está agendada para às 10h30.

Entenda o caso:

A denúncia se baseia no fato do JMalucelli ter escalado o atleta Getterson em três partidas antes da inscrição ser registrada no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF. Denunciado, o clube foi punido em primeira instância no TJD/PR com a perda de 16 pontos (nove válidos nas três partidas e mais sete conquistados), mas teve a decisão reformada e foi absolvido no Pleno do Tribunal Paranaense.

Descontente com a decisão, a Procuradoria do TJD/PR recorreu no STJD do Futebol.  Enquanto aguardavam julgamento do recurso no STJD, os clubes Toledo, Rio Branco e Foz do Iguaçu ingressaram com Medida Inominada com pedido de liminar para paralisação do Campeonato Paranaense até que o caso fosse concluído. O pedido foi indeferido pelo Presidente do STJD, porém os clubes solicitaram reconsideração.

Em reconsideração, o principal argumento dos clubes é que haverá prejuízo irreparável se a competição prosseguir e o JMalucelli perder os pontos no STJD, o que modificaria os jogos das fases seguintes devido o rebaixamento do JMalucelli e o retorno do Rio Branco para a competição.

Após análise dos fatos narrados, o Presidente Ronaldo Botelho Piacente deferiu parcialmente o pedido de reconsideração para determinar a não homologação das partidas realizadas pelo JMalucelli na segunda fase do Paranaense até que o recurso seja julgado e finalizado no Pleno do STJD, última instância nacional.

O processo será finalizado nesta quinta, dia 6, pelos Auditores do Pleno do STJD.

Nossos patrocinadores